Dos Para Allá, Dos Para Acá

BE038512Mestre Bezerra da Silva, em sua imensa sabedoria, sempre dizia que nunca viu ninguém dar dois em nada e que se visse tava tudo bem. Essa é a Lei do Morro que ele nos ensinou a seguir. Com o devido respeito ao cadáver ilustre do Embaixador das Favelas hoje a Bagaceira vai dar uma de dedo de seta, boca-de-radar, computador do capeta e entregar de bandeja 3 bolerinhos da melhor qualidade. Não faz essa cara, não. Bolero é musica perfeita pra dançar.

Não estou zoando, o bolero merece respeito. Não existe coisa mais jeca do que desdenhar daquele que talvez seja o único gênero musical que, a despeito de sua certidão de nascimento hispano-mexicana, seja parte integrante da cultura de todos os países da América Latina. Se liga que o bolero é pai biológico do samba-canção, do mambo (bolero-mambo), do cha cha cha, da salsa e da bachata da República Dominicana. Ou seja, do mesmo jeito que o Bezerra era bem chegado e considerado em qualquer jurisdição, nas Américas o bolero está sempre em casa.

Aposto que depois de ouvir o Trio Los Panchos e Eydie Gormé, que, desfiando o clássico de Alvaro Carrillo, Sabor a Mi, você também vai achar o bolero legal.

Ouve agora aquele que é considerado um dos maiores interpretes do bolero mundial, o chileno Lucho Gatica, arrebentando com um dos boleros mais tristes e bonitos que existem, La Barca, de Roberto Cantoral.

Pra encerrar essa seção cucaracha ouça bolero mais conhecido do mundo, já gravado por Beatles, Gal Costa e Frank Sinatra. Besame Mucho, de Consuelo Velásquez, interpretado pelo ícone pop Javier Solís.

Adios, muchachos!

Anúncios

9 Comentários

  1. Muito legal o novo blog.
    Me deparei com relíquias esquecidas e com algumas q são novidades pra mim.
    Desiste da Bagaceira, não.
    Parabéns.

  2. Me encantó !!
    Felicitaciones Arthur!!!

    Besos

  3. Mais um belo post! Pode pegar o embalo e mandar só um de cubanas! 🙂

  4. Eu danço bolero!!!
    hehehhe
    bjus

  5. Arthur, um lugar que também tem uma sonzêra de responsa é Puerto Rico. A bomba e a plena são os ritmos mais populares por lá. Vale uma pesquisada e socializar com a galera.
    Mais uma vez, parabéns por essa iniciativa.

  6. Estou adorando o seu ecletismo musical. Adoro a cafonice do bolero mesmo, tô nem aí, bolero, tango e sequencial.! Apesar do Lucho ser um clássico, amo o Luis MIguel cantando la barca. Abraços

  7. Ora , ora, que surpresa.

    Parabens pela Bagaceira e pelo interesse em musica tao romantica.

    Vou nessa, la barca tiene que partir.

  8. Rapaz, este post ficou incrivel. Foi um mega recordar é viver, quando eu tinha meus inocentes 10 aninhos de idade eu era a parceira de dança do meu querido pai (Pé de valsa total) nos boleros e tangos da vida, bailei muitooooo ao som dessas músicas maravilhosas.
    PArabéns!!! A D O R E I =*

  9. “Hasta que tu decidas regressar…”


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s